Ratio: 0 / 5

Inicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivado
 

O navio da Marinha Viana do Castelo (NRP Viana do Castelo), no decorrer da sua atividade operacional na subárea Açores da ZEE nacional, realizou no período de 21 a 23 de janeiro mais uma intensa missão de patrulha e vigilância das atividades de pesca na região, designadamente nas áreas de reserva marinhas das ilhas do grupo oriental, da Região Autónoma dos Açores (RAA).

Esta missão, levada a cabo em estreita coordenação com a Autoridade Marítima Local, teve como objetivo principal impedir a atividade de pesca ilegal nas áreas de reserva, com o intuito de garantir a preservação das espécies e habitats presentes. Assim, a fiscalização incidiu no cumprimento dos regulamentos para o exercício da pesca na área marinha protegida da Ribeira Quente, na reserva natural dos ilhéus das Formigas, na Baixa do Ambrósio, pertencente à área marinha da ilha de Santa Maria e no Banco D. João de Castro, bem como em bancos de pesca normalmente frequentados pelas embarcações.

Foram ainda verificadas as condições de segurança das embarcações e do pessoal embarcado, nomeadamente, a confirmação da existência a bordo dos meios de salvação exigidos por lei para cada tipo de embarcação.
Simultaneamente, e no decorrer das ações da fiscalização, as equipas do NRP Viana do Castelo  aproveitaram para sensibilizar os mestres das embarcações sobre aspetos relevantes no âmbito da segurança individual e colectiva a bordo, alertando para os prazos de validade para a revisão dos equipamentos (balsas salva-vidas, coletes e extintores).
 
Durante a missão foram percorridas 445 milhas náuticas, tendo sido detetadas três embarcações em situação de presumível infração, nomeadamente a operaram fora da área em que estavam autorizadas, sem equipamentos de comunicações e com equipamentos de navegação avariados.
 
Para além da sensibilização permanente da comunidade piscatória para a relevância da preservação dos recursos marinhos, a Marinha alerta igualmente toda a comunidade marítima para a adoção de uma cultura de segurança constante , a qual é fundamental para a eficácia das operações de busca e salvamento em caso de necessidade.
 

 Buscador Grupo Pladesemapesga con tecnología de Google

En el motor de búsqueda te ayudamos a encontrar exactamente lo que buscas.

 AyTP Acción y Transparencia Publica..
Otros articulos relacionados.....

Indecencia y falta de ética política de  las mareas bajo @XulioFerreiro + y @martinhonoriega +