Portugal

Información
Enviar por ; Correo electrónico

Navio-escola SAGRES chega esta quinta-feira Filadélfia

Información
Diario Marítimo ; 26 Mayo 2018 ; 518 votos
Inicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivado

Esta será a 4ª vez que a Sagres atraca em Filadélfia ao longo dos seus 80 anos de história, participando no evento náutico “Sail Philadelphia Festival 2018”.

Após realização do desfile naval na companhia de outros veleiros convidados e que marcarão presença no referido evento náutico, o NRP Sagres irá atracar pelas 17:00 horas (horas locais) em Penn’s Landing, permanecendo atracado até às 18:30 horas do dia 28 de maio, hora em que largará de forma a atracar em Nova York dia 30 de maio.​

Información
Enviar por ; Correo electrónico

Efeméride - Chegada ao Tejo dos submersíveis Foca, Golfinho e Hidra

Información
Diario Marítimo ; 11 Marzo 2018 ; 641 votos
Inicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivado

A 10 de fevereiro de 1918 chegavam ao Tejo os submersíveis Foca, Golfinho e Hidra, também construídos em Itália. ratava-se de navios semelhantes ao Espadarte, tendo no entanto, dimensões ligeiramente superiores, deslocando 260 toneladas à superfície e 389 em imersão.​

Información
Enviar por ; Correo electrónico

305 dias de missões de investigação científica no mar dos Açores em 2017

Información
Diario Marítimo ; 29 Enero 2018 ; 812 votos
Inicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivado

​​Deste total, 166 dias corresponderam a missões de navios estrangeiros pertencentes a diversos países da União Europeia e 139 do navio hidro-oceanográfico da Marinha “D. Carlos I”.
 

Inicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivado

Os dois navios navegarão para o Golfo da Guiné com a missão de promover o projeto de capacitação da Guarda-Costeira de São Tomé e Príncipe e de cooperação técnico-militar com os países amigos da região, potenciando, em especial, iniciativas percursoras para o desenvolvimento de capacidades de defesa e segurança marítima no Golfo da Guiné. A duração da missão está prevista ser de 1 ano para o patrulha “ Zaire” e de três meses para o navio reabastecedor “Bérrio”.

Inicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivado

Hoje, para além da sua participação no desenvolvimento do curso e dos materiais didáticos, a oficial da Marinha, que continua a ser a única professora lusa, é também formadora regular do “Faculty Development Workshop”, curso certificado pelo Allied Command for Transformation da NATO. Os alunos, de diversas nacionalidades (Áustria, França, Mongólia, Portugal, Tunísia, Ucrânia, entre outros), são professores e formadores de Língua Inglesa nas respetivas escolas e centros de formação militares. A próxima edição deste curso no Partner Language Training Center do George Marshall Center será de 19 a 29 de setembro, na Alemanha.

Inicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivado

                                                                   

 

Os dois navios perderam a capacidade de manobra ficando à deriva, aproximando-se perigosamente da zona rochosa do Farilhão Grande da Berlenga. 

Inicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivado
O “REP” é um exercício conjunto da Marinha com a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) e em parceria com o NATO Centre for Maritime Research and Experimentation (CMRE). Este ano o REP17 envolveu igualmente a Marinha Belga e observadores do Naval Undersea Warfare Center (EUA), do Norwegion University of Science and Technology, Universidade do Hawai e CMU Carnigie Mellon University (EUA).

Información
Enviar por ; Correo electrónico

Corveta da Marinha auxilia veleiro em risco de afundamento

Información
Diario Marítimo ; 04 Julio 2017 ; 1318 votos
Inicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivado

O navio da Marinha encontrava-se em missão de vigilância e patrulha junto à reserva das ilhas Berlengas, tendo recebido o pedido de socorro via rádio.

Inicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivado

Foi empenhada a embarcação semirrígida do navio patrulha e uma pequena equipa para auxiliar a soltar a hélice da rede.

Depois de ser libertada, a embarcação de pesca recolheu a rede e rumou em segurança ao porto de Matosinhos.

 

 Buscador Grupo Pladesemapesga con tecnología de Google

En el motor de búsqueda te ayudamos a encontrar exactamente lo que buscas.

 AyTP Acción y Transparencia Publica..