Enviar por ; Correo electrónico

Marinha vigiou esquadra russa em águas de jurisdição portuguesa

Diario Marítimo ; 23 Enero 2017  ; 658 visitas

Ratio: 0 / 5

Inicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivadoInicio desactivado
 

Uma esquadra russa passou durante este fim de semana em águas nacionais, tendo sido empenhados quatro navios da Marinha para acompanhar os seis navios de guerra que compõem esta força aeronaval.

A força aeronaval russa composta por seis navios, entre eles o porta-aviões “Almirante Kuznetsov", o "Pyotr Velikiy" (cruzador), o contra-torpedeiro "Alexander Shabalin", o "Lena" (reabastecedor), "Sergey Osipov" (reabastecedor) e o "Nicolay Chiker" (rebocador), provinham do Mediterrâneo Oriental e da Síria, em trânsito de Gibraltar para o Báltico.
A esquadra russa entrou na ZEE portuguesa às 19 horas de sexta-feira, e começou por ser acompanhada por duas lanchas de fiscalização baseadas no Algarve e pelo navio patrulha oceânico Figueira da Foz. Posteriormente,  já na costa ocidental juntou-se a fragata Bartolomeu Dias que também acompanhou a frota russa até à saída da ZEE portuguesa, no limite Norte da fronteira. 
A missão de vigilância terminou no domingo, pelas 22horas, após os navios terem saídos das águas de jurisdição portuguesa, passando a ser seguidos e monitorizados por navios das marinhas aliadas, da NATO.
 
 Buscador Grupo Pladesemapesga con tecnología de Google

En el motor de búsqueda te ayudamos a encontrar exactamente lo que buscas.

 AyTP Acción y Transparencia Publica..
Otros articulos relacionados.....

Indecencia y falta de ética política de  las mareas bajo @XulioFerreiro + y @martinhonoriega +